Planejamento financeiro: que tipo de pai ou mãe você é?

Depois de você saber o que muda no orçamento familiar com a chegada de um filho, resolvemos deixar o assunto mais leve e vamos propor uma espécie de brincadeira para você saber que tipo de pai ou mãe é, quando o assunto é planejamento financeiro. Vamos lá?

 

Pão-duro

Pão-duro, unha de fome, canguinha. Estes são apenas alguns dos sinônimos deste tipo de pai. É claro que economizar é necessário, ainda mais quando se tem filhos, a necessidade de acumular está intrínseca em todos os seres humanos, porém, há limites, limites estes desconhecidos por quem é pão-duro. Se você é daqueles que pechincha insistentemente, não aceita bala como troco, vai ao shopping e estaciona na rua ou vira as pilhas do controle remoto para durarem mais, bem-vindo, você é um pão-duro tradicional.


Flexível

Se você tem o hábito de economizar, mas não faz esforços absurdos para isso, além de não se sentir fisicamente incomodado quando gasta em algo, você deve estar no grupo dos flexíveis. Os pais flexíveis são aqueles que estão sempre calculando o custo-benefício das coisas, seja para economizar no material escolar das crianças, na escolha dos produtos no supermercado e no combustível do carro. Tudo isso para quê? Para ter dinheiro e investir mais na própria família. É aí que o flexível se diferencia do pão-duro, que não gasta com nada e nem ninguém. A nossa fica para quem está neste grupo é: estruture melhor seus controles financeiros, assim você poderá conquistar muito mais.

 

Organizado

Planilhas e cálculos estão sempre presentes na vida dos pais organizados. Este é o tipo de pai e mãe que planejou perfeitamente o período para ter filhos, sua carreira e seu futuro. É um exemplo a ser seguido pelo filhos, visto que sabe lidar com seu dinheiro de forma muito responsável. Ao contrário dos outros tipos, aqui não há problema algum em gastar, desde que tudo devidamente calculado e organizado para que não haja problemas financeiros no futuro.

 

Liberal

Este tipo é o preferido dos filhos. Com este pai ou mãe não tem aquela história de “vamos dar uma volta e depois a gente compra”. Os pais liberais não têm muitas prioridades e nem estão preocupados com o planejamento financeiro, o que pode se tornar um problema às vezes. A falta de controle poderá acarretar em um endividamento, trazendo frustração para a família. É importante que os liberais tentem se organizar melhor para ter mais controle sobre tudo que ganham e sobre o que é gasto. Só assim será possível estabelecer prioridades e controles, possibilitando um equilíbrio saudável para as finanças de toda a família.

 

Agora conta pra gente: a qual grupo você se identifica mais? É claro que nem todos temos os hábitos mais corretos quando estamos falando em finanças, mas é importante fazer uma autoavaliação para entender qual sua situação e, com isso, buscar mais conhecimentos sobre a administração, planejamento financeiro para manter a saúde financeira da família em dia e ajudar no seu crescimento.

Para continuar recebendo nossas novidades sobre finanças e outros assuntos do seu interesse, assine nossa newsletter: basta preencher os campos abaixo, com seu nome e e-mail.

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on TumblrPin on Pinterest

Newsletter

Que tal receber mais conteúdos no seu e-mail?

Postado em: